Translate - tradutor

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

PILATES!!! Amigo dos Bateristas.

Qualidade de vida através do movimento consciente junto ao movimento ordenado dos sons no tempo.


João Couto no estúdio de Pilates
 No mundo do fitness, a explosão de novas modalidades é uma constante. Mas, normalmente, com a mesma velocidade com que surgem, elas desaparecem após poucos meses. Quando resistem, tornam-se aqueles fenômenos que mudam a história da malhação e a maneira como enxergamos a atividade física. Foi assim com o surgimento da aeróbica, com a expansão da musculação e assim está sendo com o Pilates. Criado pelo alemão Joseph Pilates durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o método rapidamente caiu no gosto dos bailarinos, que o usavam como complemento ao treino. Mas foi só a partir da década de 90 que se popularizou, atraindo milhares de adeptos em todo o mundo e tornando-se a maior revolução do fitness dos últimos anos. Só nos Estados Unidos, primeiro país a receber um estúdio com aulas da modalidade (ministradas pelo próprio Pilates em Nova York), estima-se que cerca de dez milhões de pessoas o pratiquem. No Brasil, não há dados precisos, mas o crescimento pode ser observado pela grande quantidade de estúdios e de pessoas que se confessam fãs do Pilates. “A rápida percepção dos resultados incentiva cada vez mais gente a aderir à técnica”, analisa a fisioterapeuta Solaine Perini, presidente da Associação Brasileira de Pilates. “Isso faz dele o método de condicionamento físico que mais ganha adeptos no mundo.”

As razões para se buscar o Pilates são as mais variadas. Há desde os desejosos de esculpir o corpo (inspirados por celebridades como a cantora Madonna, que credita parte de sua boa forma à técnica) até os interessados em exercícios capazes de ajudar na prevenção ou na recuperação de problemas como dores e lesões. Como anseios tão diferentes cabem dentro de um mesmo método? “Pilates se preocupou em criar uma técnica que trabalha a saúde como um todo”, considera Inelia Garcia, uma das primeiras instrutoras do método no Brasil e hoje dona de um império com mais de 47 estúdios e dez mil alunos espalhados por todo o País. “O corpo torna-se mais forte, flexível e resistente”, diz. “Na parte mental, os exercícios melhoram a concentração e a memória. E o trabalho com a respiração ajuda no controle das emoções”, completa.

A abrangência das lições deixadas por Pilates chama mesmo a atenção. Vem de uma preocupação constante que guiou o seu trabalho: imprimir ciência à técnica. Toda a metodologia de Pilates parte do conceito de “centro de força” (ou power house). O termo, por ele criado, define a região central do corpo humano. “São os músculos da coluna, do quadril, das coxas e do entorno do abdome”, diz Aline Haas, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e instrutora certificada pela Pilates Method Alliance, dos Estados Unidos. “Eles são os flexores e extensores da coluna e do quadril e estão na musculatura profunda da pelve.” De acordo com os princípios preconizados por Pilates, fortalecer essa região é a melhor maneira de garantir uma boa sustentação para o corpo humano.

João Couto no estúdio de pilates
Eu como baterista a 25 anos, sempre tive uma vida, prezando a saúde, mas tive altos e baixos. Fiquei acima do peso e tive uma pré disposição a ter Artrose, Hérnia e desvios na coluna. Chegou um período da minha vida que não conseguia mais tocar bateria. Meus estudos que geralmente eram de 4 a 6 horas, diminuiu para 30 mim e olhe lá!!!! As dores eram intensas e assim mesmo eu tinha que carregar a batera nas costas, tocar, dar aulas e ensaiar. Foi punk!!!!
Meu sofrimento durou uns 8 anos. Fazia de tudo e nada resolvia. Isto mexia muito com meu psicológico ocasionando várias crises de depressão.


João Couto no estúdio de Pilates
Hoje, sou um novo homem. Acredito no Deus de milagres. A atitude, perseverança, coragem e a disciplina me levaram a mover o milagre que Deus já tinha decretado para minha vida. 
Conheci uma excelente profissional chamada Ana Paula Almeida Alves, professora, formada em educação física e minha personal.
Através de sua grande experiência com o Pilates. Ela vem desenvolvendo um ótimo trabalho comigo. Onde estou podendo voltar a ter uma vida normal. Encarando uma rotina de trabalho na Loja, sem sentir dores, tocando, fazendo shows, voltando a estudar bateria de 4 horas e lá vai fumaça!!! rsrs nossa!!! o pilates faz parte da minha vida semanalmente.

João Couto tocando na Feira Expomusic - SP
Deixo esta mensagem de superação para vocês que curtem meu blog. Nunca desista dos seus sonhos, por mais que a luta seja grande. Confia em Jesus e peça para Ele mostrar o caminho. Foi o que aconteceu comigo. Clamei por anos e Ele me honrou. 
Tenho levado o pilates como necessidade, igual ter que comer todos os dias para estar de pé!! Exercícios físicos de forma equilibrada e correta, vai fazer de você uma excelente pessoa em tudo que fizer. Jesus!!! Pilates!!! Música!!!! Batera!!!!
Não Desista!!!!!



Postar um comentário